Uma Paradinha em Amsterdam

A conexão São Paulo – Roma iria durar o dia inteiro em Amsterdam. Tem aquele ditado “uns choram e os outros vendem lenços”, então ao invés de ficar rodando por Schipol, alugamos um armarinho no subsolo do aeroporto pra guardarmos as malas de mão e aproveitamos a paradinha estratégica.  Tomamos um táxi que nos deixou na região dos museus e de lá seguimos à pé.

Não poderia ter sido melhor. Foi um jeito de conhecer muita coisa em uma tarde.

Passamos em volta do Museu Van Gogh, do letreiro I Amsterdam, e tudo o que há em volta dos jardins lindos e gelados. Passamos pela lateral do RijsksMuseum, que tem um jardim muito bacana e um xadrez em tamanho grande.

Dali até o VondelPark foi pertinho, demos uma volta nele e terminamos essa breve passagem almoçando na galeria do Hard Rock Café, mas não me lembro  nome exato do restaurante.

Dali, voltamos pro aeroporto e seguimos viagem.

Se tem um jeito de começar bem uma incrível jornada, o jeito foi esse. Amsterdam nos deu boas vindas.

 

Os jardins do RijksMuseum (só clicar que a foto aumenta)

 

E aqui deixei uma ajudinha no Google Maps.

 

Anúncios

Ho Ottime Notizie!

Este blog, o Ponto Doc, foi ativo por 9 anos e me deu muitas alegrias. Aprendi muitas coisas, narrei um monte de aventuras  e “causos” por aqui. O mais legal é que fiz muitos amigos, alguns dos quais tenho contato nas redes sociais afora.

Um dia quando a blogsfera se mudou de mala e cuia pra o recém nascido Facebook,  apaguei os arquivos, mas não o endereço. [Tenho apego a ele, rs.]

Agora o retomo por um motivo bem bacana. Como eu disse lá no título: Tenho uma ótima notícia!

A convite da empresa em que trabalho, passarei 2 meses vivendo e trabalhando na Itália. Um desafio e tanto, logo eu que amo viajar e amo blogs sobre viagens.

Quando o Matheus me ligou convidando para narrar as coisas pessoais que estava vivendo e viverei nesses próximos meses, o olhinho chega brilhou. Imagina, ter apoio para escrever sobre uma viagem dessas.

Me lembrei que um dia, quando voltava de Macchu Picchu, imaginei que bacana seria ter apoio pra viajar e escrever. E fotografar, claro. A gente nem imagina a força que um sonho desses tem, estou eu aqui fazendo isso agora.

Me acompanha?

Estarei por aqui e no instagram @carla_sena