Porque você não deveria enviar SPAM

Acontece assim: a pessoa manda um email pra sua empresa.

Daí, automaticamente ela está cadastrada na sua newsletter. Qualquer pessoa, que faça qualquer tipo de contato, você vê um cliente potencial. Importante fazer banco de dados, né?  Vai lá e cadastra.

Acontece que os e-mails da sua empresa começam a chegar na caixa da pessoa. Todo dia, toda semana, sem trégua. Ela enjoa do título, do nome da loja. Enjoa dos produtos que você oferece também. A pessoa se irrita com o mesmo tipo de email repetido, lotando a caixa de entrada. Filtra automaticamente. Manda pra caixa de SPAM automaticamente.

Depois disso, sabe aquele cliente que você queria conquistar?

Já era.

Não Durou Muito

Um homem forçou o portão do condomínio, o tirou dos trilhos, entrou no prédio e conseguiu roubar uma bicicleta.
Saiu dando tchauzinho para a câmera de segurança.
No dia seguinte passou montado na bicicleta, com ares vitoriosos, ostentando a mais recente aquisição e deu outro tchauzinho, dessa vez para a verdadeira dona, que estava na porta do prédio.
Foi pego pela polícia logo na esquina.